A (i)materialidade da cultura

Autores

  • Leonardo Luiz Silveira da Silva Instituto Federal do Norte de Minas Gerais - Campus Salinas
  • Alfredo Costa Instituto Federal do Norte de Minas Gerais - Campus Almenara

DOI:

https://doi.org/10.46636/recital.v2i2.140

Palavras-chave:

Cultura, materialidade, imaterialidade

Resumo

A discussão acerca da materialidade da cultura tomou a cena nos debates da geografia cultural a partir do artigo de Don Mitchell, publicado em 1995. Reanimamos esta discussão a partir de debates recentes que passaram até mesmo pela avaliação acerca da impossibilidade de representação espacial da cultura. Apresentamos neste artigo os resultados de um questionário acerca dos elementos componentes da cultura, que demonstrou a extrema diferenciação nas impressões, apontando para sua intangibilidade. Acrescentamos a abordagem assertiva de Augustin Berque como uma forma de mediar a materialidade e a imaterialidade da cultura, e ao final, alertamos para o risco do descuido discursivo, visto que a reflexão teórica aqui proposta se expressa por intermédio de dialéticas subjetivas, ou trajetivas.

Downloads

Publicado

2020-12-12

Como Citar

SILVA, L. L. S. da; COSTA, A. A (i)materialidade da cultura. Recital - Revista de Educação, Ciência e Tecnologia de Almenara/MG, [S. l.], v. 2, n. 2, p. 96–115, 2020. DOI: 10.46636/recital.v2i2.140. Disponível em: https://recital.almenara.ifnmg.edu.br/index.php/recital/article/view/140. Acesso em: 9 mar. 2021.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)