Análise multitemporal de áreas ocupadas por atividades de mineração a partir de índices espectrais no município Gran Sabana, estado Bolivar, Venezuela

Autores

  • Daniel Andres Hernandez Ramirez UFRR
  • Arol Josue Rojas

DOI:

https://doi.org/10.46636/recital.v3i3.235

Palavras-chave:

Diamantes.Mineração.NDVI.SAVI.

Resumo

Objetivou-se caracterizar, ao longo do tempo, áreas ocupadas por atividades de mineração (diamantes e ouro) no Município Gran Sabana do Estado Bolívar na Venezuela, por meio de imagens Landsat 8 e Sensor OLI, para produzir um conjunto de dados. Foram utilizados os chamados Índices de Vegetação (IVs), sendo eles o Índice de Vegetação da Diferença Normalizada (NDVI) e o Índice de Vegetação Ajustado ao Solo (SAVI) dos anos 2014, 2016, 2018 e 2020, que foram também confrontados em uma análise multitemporal. A área estudada é representada pela presença de grandes recursos minerais (ouro e diamantes) e uma vasta extensão de vegetação. A partir disso, os mapas de NDVI e SAVI possibilitaram a visualização da ação exercida pela mineração no meio ambiente, demostrando uma região impactada, com aumento do desmatamento e dos solos expostos, fato fundamentado nos valores do NDVI e SAVI obtidos, quando são comparados com imagens anteriores. Pode-se destacar que o uso dos índices de Vegetação (IVs), como o NDVI e o SAVI, no mapeamento ambiental é apresentado de forma eficaz e simples compreensão.

Downloads

Publicado

17.12.2021

Como Citar

RAMIREZ, D. A. H.; ROJAS, A. J. Análise multitemporal de áreas ocupadas por atividades de mineração a partir de índices espectrais no município Gran Sabana, estado Bolivar, Venezuela. Recital - Revista de Educação, Ciência e Tecnologia de Almenara/MG, [S. l.], v. 3, n. 3, p. 164–173, 2021. DOI: 10.46636/recital.v3i3.235. Disponível em: https://recital.almenara.ifnmg.edu.br/index.php/recital/article/view/235. Acesso em: 16 jan. 2022.