Mapeamento de pontos de coletas de amostras de água na cidade de Almenara/MG utilizando geoprocessamento

Autores

  • Adelson Rodrigues de Souza IFNMG Campus Diamantina

DOI:

https://doi.org/10.46636/recital.v3i3.185

Palavras-chave:

Google Earth. água. geoprocessamento.

Resumo

A utilização de mecanismos de geoprocessamento no estudo de questões que impactam a qualidade de vida das pessoas tem possibilitado avanços significativos. Órgãos públicos ou privados têm utilizado diversas ferramentas auxiliares conhecidas como Sistema de informação Geográfica (SIG) no mapeamento, monitoramento, implementação e levantamento de dados geográficos que podem ser utilizados para diversos fins. Nessa perspectiva, este trabalho propõe a utilização do SIG, especificamente do Google Earth, para demonstrar uma prática que possibilita o mapeamento de pontos de coletas de amostras de água tratada na cidade de Almenara/MG, a partir das solicitações da legislação “anexo XX da portaria da Consolidação nº 5 do Ministério da Saúde”. Os resultados obtidos trouxeram um panorama espacial dos pontos de coleta de água distribuídos à população, os quais foram superiores ao legalmente estabelecido. Contudo, estes são utilizados através de rodízios com frequência mensal. Para mais, o Geoprocessamento se revelou como um instrumento informativo, no sentido de demonstrar como se dá a distribuição dos pontos de coletas de amostras da água tratada em Almenara.

 

Downloads

Publicado

17.12.2021

Como Citar

SOUZA, A. R. de. Mapeamento de pontos de coletas de amostras de água na cidade de Almenara/MG utilizando geoprocessamento. Recital - Revista de Educação, Ciência e Tecnologia de Almenara/MG, [S. l.], v. 3, n. 3, p. 26–34, 2021. DOI: 10.46636/recital.v3i3.185. Disponível em: https://recital.almenara.ifnmg.edu.br/index.php/recital/article/view/185. Acesso em: 16 jan. 2022.