Sentidos e concepções de ensino integrado

um estudo de caso no IFNMG - Campus Almenara

Autores

  • Ronivaldo Ferreira Mendes Instituto Federal do Norte de Minas Gerais - Campus Almenara

Palavras-chave:

Análise do Discurso, Ensino Médio Integrado, Práticas Integradoras, IFNMG – Campus Almenara

Resumo

Esta pesquisa tem como objetivo analisar, por meio dos discursos dos sujeitos-professores atuantes nos cursos técnicos integrados ao ensino médio do IFNMG - Campus Almenara, os sentidos de “integração” e de “curso técnico integrado ao ensino médio”. No que tange ao delineamento teórico-metodológico, a pesquisa possui abordagem qualitativa, utiliza-se como instrumento de coleta de dados entrevistas semiestruturadas com sujeitos-professores que atuam em um dos cursos técnicos integrados ao ensino médio na referida instituição. Fundamentamo-nos nos pressupostos da Análise do Discurso (doravante AD) de linha francesa, tendo como espinha dorsal a episteme do pensador Michel Pêcheux. Esta pesquisa consiste em um estudo de caso cujo lócus é o IFNMG - Campus Almenara. Nesse sentido, foram entrevistados oito participantes, sendo quatro professores que atuam nas disciplinas propedêuticas e quatro que atuam nas disciplinas de formação profissional. Posto isto, para análises dos enunciados foram utilizados excertos que respondem de forma diretiva às questões realizadas e que vão ao encontro dos objetivos da pesquisa. As perguntas de pesquisa giram em torno dos sentidos que são atribuídos pelos professores atuantes nos cursos técnicos integrados ao ensino médio do IFNMG - Campus Almenara, aos sintagmas “integração” e “curso técnico integrado ao ensino médio”. Busca-se compreender, também, que práticas ditas “integradoras” são realizadas por esses mesmos sujeitos-professores supracitados, a partir da análise de seus discursos; como as concepções de “integração” e de “ensino médio integrado” influenciam as práticas de ensino desses profissionais; e como a gestão do IFNMG – Campus Almenara trabalha no sentido de auxiliar e/ou oportunizar a integração nos cursos técnicos integrados ao ensino médio. A hipótese aventada é de que as concepções e práticas do ensino médio integrado se distanciam da proposta apregoada pela literatura da área. De um modo geral, percebe-se que as discussões teóricas efetuadas e as análises demonstram que os sentidos dos termos “integração” e “cursos técnicos ao ensino médio integrado” são expressões polissêmicas e retratam diversas práticas político-pedagógicas para além das questões atinentes ao currículo das disciplinas propedêuticas e técnicas. A partir dos enunciados, observa-se que os professores entendem que as práticas de contextualização do conteúdo na sala de aula, bem como as propostas de trabalho que contemplem atividades interdisciplinares e multidisciplinares possibilitam abordagens integradoras. Contudo, a pesquisa aponta que predominam práticas de projetos integradores e não práticas curriculares integradas. Assim, evidencia-se que a compreensão da concepção em questão possibilita aos sujeitos-professores desenvolverem práticas de integração, visto que alguns visualizam a integração de forma mais complexa, tendo o conhecimento como totalidade do fenômeno, isto é, tornar-se “inteiro”, para além das disciplinas escolares. Outros entendem integração como uma abordagem metodológica. A respeito da gestão, o estudo aponta que as práticas adotadas para fomentar a integração são insuficientes para conseguir alcançar a efetivação da mesma. Por fim, o ensino médio integrado à formação profissional como proposta de travessia para uma formação politécnica sofre uma crise de identidade, pois os alunos buscam a formação propedêutica para fins de aprovação no vestibular em detrimento da formação profissional técnica. Assim, essa prática destoa da proposta do ensino médio integrado. Entretanto, é consenso que a qualidade do ensino no IFNMG – Campus Almenara possibilita aos alunos fazerem escolha da trajetória de formação/atuação profissional que pretendem seguir. 

Biografia do Autor

Ronivaldo Ferreira Mendes, Instituto Federal do Norte de Minas Gerais - Campus Almenara

Mestrando pelo Programa de Mestrado Profissional em Educação Tecnológica do IFTM - Campus Uberaba-MG. Possui Pós-graduação em Psicopedagogia Clínica e Institucional com Ênfase em Educação Especial e Inclusiva pela Faculdade Einstein - Salvador/BA. Graduado em Pedagogia pela Universidade Estadual de Montes Claros-MG. Interessa-se em pesquisa na área educacional, tendo as questões pertinentes ao ensino médio integrado à formação profissional como objeto de pesquisa. Ademais, estuda temas ligado ao campo da Educação, Trabalho, Ciência e Tecnologia - Processos Formativos e Práticas Educativas em Educação Tecnológica. Além disso, participa do Grupo de Estudos/Pesquisa em Análise do Discurso e Educação (GPDE/IFTM/CNPq). Tem experiência, atuando como Supervisor Escolar e na docência. Atualmente, ocupa o cargo de pedagogo no IFNMG - Campus Almenara. Nessa trajetória no IFNMG, ocupou encargos de coordenação, como Coordenador Adjunto do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), Coordenador de Polo Sede de cursos da rede e-Tec/ Bolsa-Formação. Atuou ainda como supervisor de cursos, Tutor presencial de curso técnico em Administração. Sua experiência profissional perpassa pela Secretaria de Registro Escolar (Coordenador Substituto), atuou ainda como Colaborador Institucional e presidente da SubComissão Própria de Avaliação - sCPA no âmbito do IFNMG. Outrossim, é avaliador de projeto de extensão cadastrado no Sistema Unificado de Administração Pública - SUAP (2018) e também da Revista científica RECITAL. Recentemente, (2019) publicou em coautoria na revista científica International Journal of Development Research (Qualis A2/CAPES) artigo na área da saúde.

Downloads

Publicado

2020-12-12

Como Citar

MENDES, R. F. Sentidos e concepções de ensino integrado: um estudo de caso no IFNMG - Campus Almenara. Recital - Revista de Educação, Ciência e Tecnologia de Almenara/MG, [S. l.], v. 2, n. 2, p. 156–157, 2020. Disponível em: https://recital.almenara.ifnmg.edu.br/index.php/recital/article/view/117. Acesso em: 9 mar. 2021.